CCR SPVIAS REPASSA QUASE R$ 3 MILHÕES DE ISS PARA A PREFEITURA DE AVARÉ

13/01/2017

Para transformar a cobrança do pedágio em investimento nas áreas de educação, saúde e transporte dos municípios da região, em 2016, a CCR SPVias, empresa que integra o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, repassou mais de R$ 30 milhões para 26 cidades que margeiam o seu trecho de concessão.

Esse valor é referente à verba de ISS (Imposto Sobre Serviço) e contribui com o orçamento de algumas prefeituras, especialmente em cidades onde há poucos serviços tributados.

O valor do ISS é referente a 5% do valor bruto arrecadado nas praças de pedágios instaladas nas rodovias e é repassado às cidades proporcionalmente à extensão da rodovia pedagiada que atravessa o município.

De acordo com o diretor presidente da CCR SPVias, José Salim, no atual cenário de crise econômica, esses recursos ajudam a complementar o caixa da prefeitura para investimentos em áreas fundamentais “A verba do ISS é repassada diretamente para o poder municipal, que pode reverter cada centavo em benefício da população, aplicando o dinheiro em áreas frágeis da cidade”, afirma.

Além dos recursos repassados diretamente aos municípios, por meio do pagamento de impostos, a CCR SPVias contribui de outras maneiras com o desenvolvimento das comunidades lindeiras.

Segundo o relações institucionais da Concessionária, Alexandre Conrado, a empresa realiza periodicamente programas educacionais em escolas, oferece capacitação para professores e apoia instituições culturais, como Conservatório de Tatuí e o Projeto Guri.

“Somos uma empresa que não cuida apenas de rodovias, mas também de pessoas. Temos como compromisso empresarial ampliar o acesso ao conhecimento e à qualidade de vida não só daqueles que usufruem dos nossos serviços, mas também de cada morador das cidades margeadas por nossas rodovias”, diz.

Municípios beneficiados com o ISS da CCR SPVias
Águas de Santa Barbara – R$ 2.251.416,84
Alambari – R$ 901.842,21
Araçoiaba da Serra – R$ 738.209,54
Avaré – R$ 3.772.898,69
Bofete – R$ 1.584.859,92
Buri – R$ 44.091,06
Capão Bonito – R$ 1.354.547,12
Capela do Alto – R$ 293.250,23
Cerqueira César – R$ 811.691,66
Cesário Lange – R$ 1.224.678,42
Iaras – R$ 1.427.653,14
Itaberá – R$ 335.662,30
Itaí – R$ 271.128,16
Itapetininga – R$ 3.033.465,92
Itapeva – R$ 720.643,03
Itararé – R$ 364.615,33
Itatinga – R$ 3.731.593,23
Pardinho – R$ 1.190.495,03
Porangaba – R$ 1.495.076,54
Quadra – R$ 1.074.222,89
Santa Cruz do Rio Pardo – R$ 917.126,65
São Miguel Arcanjo – R$ 301.671,04
Sarapuí – R$ 100.904,70
Taquarivaí – R$ 407.350,46
Tatuí – R$ 1.658.085,90
Torre de Pedra – R$ 126.421,78



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.