AVARÉ SEDIOU CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

A cidade de Avaré sediou na quarta-feira, dia 10, a 3ª Conferência Municipal de Saúde. Organizada pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde, o evento ocorreu nas dependências da Faculdade Eduvale.

A conferência abordou o tema “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas – Direito do Povo Brasileiro”, que também será fruto de debate da 15ª Conferência Nacional de Saúde, que acontece de 23 a 26 de novembro em Brasília.

Na cerimônia de abertura, o prefeito Poio Novaes destacou que os desafios na saúde em Avaré são muitos. Ele ressaltou que o limite que cada município tem para aplicar em saúde é de 15% e que hoje Avaré investe cerca de 30% e ainda assim há muito por fazer. Poio reafirmou ainda que, até 2016, a meta da Prefeitura é oferecer à população 15 unidades do Programa de Saúde da Família em pleno funcionamento.

Poio enfatizou também os avanços da rede básica de atendimento conquistado com a adesão ao Programa Mais Médicos, que atualmente conta com 10 clínicos atuando em bairros da cidade. Em relação ao Pronto Socorro (PS), o prefeito informou que os plantonistas que prestam serviços à empresa IFS, responsável pelos plantões do PS, receberão dois cursos de capacitação, o ACLS (Suporte Avançado de Vida em Cardiologia), e o ATLS, que tem o objetivo de padronizar o atendimento ao paciente politraumatizado. A iniciativa será da própria empresa.

Outro aspecto abordado foi o de ampliar o acesso às especialidades médicas, que será contemplado com a instalação do Ambulatório Médico de Especialidades (AME), já aprovado pelo governo do Estado e com verba do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

ETAPA MUNICIPAL – O palestrante principal, Dr. Antonio Luiz Caldas Junior, médico sanitarista e vice-prefeito de Botucatu, disse ser de extrema importância a participação das pessoas na gestão da saúde. “As pessoas precisam entender a saúde como um patrimônio, um direito assegurado pela Constituição e os governantes precisam pensar em políticas sociais econômicas voltadas para a saúde”, explanou.

A mesa da conferência foi formada pelo prefeito Poio Novaes, pela secretária da Saúde Vanda Nassif Avellar, pelo presidente da Câmara, Denílson Ziroldo, pela representante da Diretoria Regional de Saúde (DRS VI – Bauru) Maria Cecília Moreira Domênico e pelo representante do Conselho Municipal de Saúde Dr. Leopoldo Ferraro de Almeida.

O objetivo da conferência foi o de propor a melhoria da saúde da população e de suas condições de vida. Os delegados eleitos em todos os municípios fizeram parte das discussões, visando à aprovação das propostas encaminhadas por suas respectivas cidades que serão apresentadas na conferência nacional.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.