AVARÉ REGISTRA CINCO CASOS DE ESTUPRO CONTRA MENORES EM 7 MESES

30/10/2018
Em 10 meses, Avaré registrou cinco casos de estupro envolvendo menores de idade. Na segunda-feira, dia 22 de outubro, um homem de 56 anos foi preso em Avaré. Ele é acusado de abusar de uma adolescente de 14 anos.

Segundo as investigações, J. R. F. manteve relações sexuais com a menor e a mãe dela, a qual teria permitido que isso acontecesse. O caso foi denunciado ao Conselho Tutelar, que conseguiu retirar a vítima da casa da genitora. Ela agora está sob os cuidados de uma tia na cidade de Cerqueira César.

Até agora, as provas coletadas contra J. dão conta da veracidade da acusação de estupro. Testemunhas relataram aos investigadores que ele frequentava a casa da menor. Além disso, mensagens de texto no celular dela ligam o suspeito à vítima. Ela também já passou por exame no Instituto Médico Legal do município e o laudo deve sair nos próximos dias, confirmando o abuso.

Ainda segundo os investigadores, também pesa sobre o homem a suspeita de ter molestado a própria filha de 7 anos. Essa denúncia está sendo apurada pela Delegacia de Defesa da Mulher, que preventivamente também conseguiu afastar a menor do pai por meio do Conselho Tutelar. Ela está sob a responsabilidade de um parente.

O suspeito encontra-se custodiado na Cadeia de Piraju até ser transferido para uma das unidades do sistema penitenciário da região.

OUTROS CASOS – O primeiro caso em Avaré foi registrado no dia 29 de março. Policiais civis do 1º DP prenderam em flagrante, no Jardim Europa II, um homem acusado de exibir em via pública o próprio órgão genital para uma adolescente de 15 anos e tentar estuprá-la.

Na residência dele a Polícia ainda apreendeu um computador cujo conteúdo será averiguado pela perícia, por suspeita de haver imagens pornográficas envolvendo menores.

O suspeito W. P. J., de 33 anos, possui antecedente em crime sexual praticado contra uma menina de 5 anos. O inquérito segue em andamento na DDM de Avaré sob sigilo. Ele também havia sido denunciado por outras estudantes por conduta sexual inapropriada na área do Instituto Federal. O acusado foi encaminhado para a Unidade de Transição de Presos de Piraju.

O terceiro caso ocorreu no dia 2 de maio, onde um homem de 46 anos foi preso em flagrante, suspeito de estuprar a filha de 13 anos. De acordo com a Polícia Civil, ele confessou o crime.

O homem teria passado as mãos no corpo e nas partes íntimas da menina. Ainda conforme o registro, o suspeito disse palavras obscenas à filha. A vítima e o irmão dela, de 10 anos, ficaram sob tutela do Conselho Tutelar.

Já no dia 5 de outubro, um homem de 36 anos foi preso suspeito de estuprar uma adolescente de 16 anos. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu dentro da casa da jovem enquanto ela estava sozinha.

Ainda segundo a PM, a vítima é filha da ex-namorada do suspeito. Testemunhas disseram que ele foi até o local quando a mãe da jovem saiu da casa. De acordo com a polícia, o homem já teria assediado a adolescente em outros momentos.

A vítima foi encontrada por uma amiga com ferimentos. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Pronto Socorro. A adolescente ainda foi levada ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames.

O homem foi preso por estupro, encaminhado à delegacia da cidade e aguarda audiência de custódia.

Outro caso foi registrado no dia 20 de outubro. Um jovem de 23 anos foi preso suspeito de estuprar a irmã de apenas 13 anos. De acordo com a Polícia Militar, o padrasto da menina informou que achou uma foto no celular do jovem abusando da irmã enquanto ela dormia.

Os policiais foram chamados até o local e abordaram o rapaz. Indagado, ele confessou o crime. Ainda segundo a polícia, ele foi levado para a delegacia, onde foi autuado por estupro.

PEDOFILIA – No dia 17 de maio, Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prenderam em flagrante o único alvo em Avaré na Operação “Luz da Infância 2”, que foi realizada em âmbito nacional com o objetivo de combater a pedofilia.

A ação ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão. Hóspede de um hotel na cidade, W. M. A., de 46 anos, foi localizado no apartamento com vasto material que pode comprovar seu envolvimento com a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Um computador e um celular armazenavam diversas fotos de pornografia infantil. Também foram apreendidas mídias cd’s e dvd’s, bem como pendrives e cartões de memória que serão avaliados pela perícia.

Entre os materiais apreendidos havia também dezenas de brinquedos infantis, como bonecas e patins, além de artigos de beleza feminina e itens de maquiagem, bem como doces. Todo esse material, segundo os policiais, provavelmente era utilizado para aliciar as vítimas. Será investigado se W. M.A. atraía menores para o apartamento.

O suspeito estava sendo monitorado pelo centro de inteligência da operação, que no Estado de São Paulo era coordenado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia Civil de Avaré cooperou com o cumprimento do mandado e efetiva prisão do envolvido.

Fonte: A Voz do Vale



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.