ASSOCIADOS QUEREM MUDANÇA DE SEDE DAS PROVAS DA ABQM PARA ARAÇATUBA

20/10/2017

Um abaixo assinado que circula na internet solicita que as competições da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) sejam transferidas de Avaré para a cidade de Araçatuba.

Segundo o documento, Araçatuba teria melhor infra-estrutura em relação à Avaré, com 2,8 mil leitos em hotéis, mais 700 leitos em Birigui, que fica a 11 km de distância; cerca de 38 restaurantes; 2 hospitais para humanos; 3 hospitais veterinários com salas de cirurgia para grandes animais; 2 shopping centers; 2 condomínios com casas para alugar por dia à beira do Rio Tietê e Hotel Resort na beira do Rio, a 18 km do Parque de Exposições.

Segundo os organizadores do abaixo assinado, Araçatuba ainda conta com aeroporto com 3 vôos diários para São Paulo, além de em um raio de 600 km, engloba 96% de todos os donos de cavalos e competidores que comparecem aos eventos.

Alegam ainda que em um raio de 160 km, engloba São José do Rio Preto e Presidente Prudente e mais de 100 municípios com tradição agropecuária, somando uma população total de quase 3 milhões de habitantes, potenciais espectadores das nossas provas.

Eles alegam ainda que a cidade possui um dos maiores parques do Brasil cedido por pelo menos 20 anos à ABQM, prorrogáveis por mais 20 e assim sucessivamente, dando a possibilidade das provas equestres continuarem crescendo com qualidade e estrutura.

Caso a Prefeitura, por meio do prefeito Jô Silvestre, não tome as devidas providências, Avaré corre o sério risco de perder as competições da ABQM. Caso isso aconteça, o comércio e a rede hoteleira seriam os mais afetados.

O abaixo assinado está disponível no site: www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/38024#inicio



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.