APÓS OPERAÇÃO DO GAECO, PREFEITURA EXONERA MARCELO AITH

05/12/2017

Em nota enviada a imprensa, a Prefeitura de Avaré informa, que após operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Bauru, o prefeito Jô Silvestre determinou, por meio da portaria 9.251, a exoneração de Marcelo Aith do cargo de Consultor Jurídico do Município.

Ainda segundo a nota, a Prefeitura confirmou que um promotor de justiça, integrante do Gaecco, esteve no Paço Municipal cumprindo uma ordem judicial para analisar a sala de trabalho do então Consultor Jurídico do Município, o advogado Marcelo Gurjão Silveira Aith.

O promotor teria deixado o local sem ter efetuado qualquer tipo de apreensão.

“Segundo informações obtidas junto ao próprio Ministério Público, a checagem da sala se deu no âmbito de uma investigação criminal que esta ocorrendo na comarca de Rio Claro (SP) e não possui qualquer relação com a atividade pública desenvolvida pelo advogado na Prefeitura de Avaré. Muito menos, atos da atual gestão estão sob investigação do órgão”, destaca a Prefeitura.

A vistoria foi acompanhada por um representante da Procuradoria Municipal e por Assessores Jurídicos da Prefeitura.

Segundo o Ministério Público, a operação cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão de documentos e, ainda, de condução coercitiva em outras cidades do Estado como Piraju, Rio Claro e Piracicaba.

PRISÃO – O advogado Marcelo Aith foi preso às 6 horas da manhã, desta terça-feira, dia 5 de dezembro, em Piraju, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Bauru.

Policiais do Gaeco estiveram no Paço Municipal de Avaré em busca de documentos e também de computadores utilizados por Aith.

Informações extra-oficiais dão conta que ele estaria sendo ouvido no Forum de Piraju pelo Promotor do Gaeco, Luiz Cláudio. Outros dois agentes do Grupo de Atuação contra o crime organizado também estariam participando da oitiva.

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Piraju, Jana Lúcia Damato, estaria acompanhando o advogado Marcelo Aith.

Informações dão conta ainda que assim que o advogado terminar de ser ouvido, ele será apresentado a Delegacia de Piraju, onde deverá preso.

Ainda não a detalhes sobre o processo, pois o trabalho investigativo ainda está em andamento. Ainda segundo informações, o caso extrapola as fronteiras de Piraju, onde mais cidades da região devem receber a visita do Gaeco nas próximas horas.

Com informações da Do Vale TV



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

  • OpiniaoDoSaraiva

    Que coisa Avaré, quanto mais se reza, mais assombração aparece.