A TENTATIVA DE EMPLACAR A CPI TEM

Procurado pela Comarca para se pronunciar referente às tentativas de alguns vereadores de emplacar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades no Pronto Socorro (PS), o prefeito de Avaré, Poio Novaes, afirmou que a iniciativa é “eleitoreira”.

“A tentativa de emplacar a referida CPI é agitação política com finalidade eleitoreira. Um aprofundado debate acerca dos problemas da rede de saúde do município pode ocorrer de outra maneira, inclusive com a participação da sociedade e de entes interessados na melhora dos serviços de saúde prestados em Avaré e não através de uma investigação, como sugere a CPI”, rebateu.

O chefe do Executivo ainda negou irregularidades. “Não houve irregularidades na prestação de plantões no Pronto Socorro. A escala dos plantões tem sido cumprida satisfatoriamente, o que não ocorria há anos. Eventuais problemas contratuais podem ser avaliados pelo Departamento Jurídico e de Licitação”, finalizou.

A proposta de instalação de CPI só deve ser apresentada na sessão ordinária de segunda-feira, 10 de agosto. Confira a matéria completa na edição do jornal A Comarca.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *