“A AVALIAÇÃO DA ATUAL ADMINISTRAÇÃO ESTÁ PIOR QUE DE POIO NOVAES”, DIZ VEREADOR

07/02/2018

Para o vereador Francisco Barreto, a avaliação da população referente a administração de Jô Silvestre estaria pior a do ex-prefeito Poio Novaes. A informação foi proferida durante a primeira sessão ordinária de 2018, realizada na segunda-feira, dia 5.

“Nas redes sociais a gente vê a avaliação do prefeito municipal (Jô Silvestre). Infelizmente, em um ano e dois meses a avaliação da atual administração está pior do que a gestão do Poio Novaes em seu primeiro ano e muito pior”.

Barreto lembrou que Jô Silvestre fez diversas promessas na sua posse, mas não estaria cumprindo. “É só entrar nas redes sociais que você vê o descontentamento da população. Prometeu e não está cumprindo e usou este microfone (da Tribuna da Câmara) no dia 1º de janeiro de 2017 para falar que o problema de Avaré era a gestão pública e cadê a gestão pública?”, questionou.

DEFESA – Já o vereador Roberto Araújo defendeu o atual governo e criticou a gestão de Poio Novaes. “O governo passado encerrou seu mandato deixando duas folhas de pagamentos atrasados. Não pagou o salário de dezembro e o 13º dos funcionários. Não respeitou o funcionário municipal. Deixou uma dívida de folha de pagamento de R$ 20 milhões. Será que com esse valor não daria para tapar os buracos da cidade”.

O vereador destacou ainda que Poio Novaes teria deixado dívidas com entidades assistenciais. “O governo anterior também não pagou a Apae e as entidades assistenciais e onde foi esse governo? Um pouco estranho. O governo passado contratou um aiãozinho para fotografar as casas e aumentou o IPTU dos munícipes e esse serviço custou cerca de R$ 300 mil”.

Para ele, Jô Silvestre teria assumido uma Prefeitura endividada. “O governo atual pega uma prefeitura endividada. Primeiro o prefeito tem que arrumar a casa, o servidor público. Tem muitas coisas para se fazer, mas tem que arrumar a casa primeiro. Tem gente não gosta de falar a verdade, ou omite a verdade”.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.